sábado, novembro 27, 2021
Início DESTAQUES Como escolher a melhor bicicleta indoor: ergométrica ou de spinning

Como escolher a melhor bicicleta indoor: ergométrica ou de spinning

    A  bicicleta é um ótimo método de fortalecimento para músculos e articulações,pedalar contribui para melhorar os condicionamentos físico e cardiovascular e permite realizar um treino com alto gasto energético e estímulo muscular. Com isto é necessário a escolha de um equipamento certo para o seu objetivo.
    Fazendo exercicios na bicicleta ergometrica trabalha  os  grupos musculares atuantes ao utilizar essas bicicletas, independente de serem verticais, horizontais ou de spinning, são: quadríceps, glúteos, posteriores de coxa, panturrilha e iliopsoas. De uma forma geral, bikes ergométricas e de spinning são indicadas para qualquer pessoa que esteja apta a realizar exercícios físicos, incluindo quem quer abandonar o sedentarismo.

Bicicleta de spinning permite reproduzir treinos para atletas amadoras e profissionais e realizar alto gasto calórico — Foto: Istock Getty Images

               Foto: Istock Getty Images

1. Ajuda a emagrecer

Um excelente exercício cardiovascular que permite alto gasto calórico. Dependendo da duração e intensidade do treino, podem oferecer esse benefício. Em média, uma mulher de 55 kg pode ter um gasto aproximado de 300 kcal a 350 kcal  em apenas 30 minutos, sendo um importante aliado para quem está tentando emagrecer ou eliminar alguma gordura localizada.

O exercício com a bicicleta ergométrica também pode ser utilizado por quem está tentando aumentar a massa muscular magra, pois, desde que não seja feito em exagero, ajuda a queimar a gordura, deixando apenas a massa magra construída durante o treino de musculação.

2. Protege as articulações

Fazer exercício na bicicleta ergométrica ou participar em aulas de spinning na academia, por exemplo, são ótimas opções para manter a boa forma física enquanto se recupera de lesões ortopédica,, diminui bastante o impacto sobre as articulações do quadril, joelho e tornozelo.

3.  Aumenta a resistência e tonifica as pernas

A resistência muscular é a capacidade que o músculo tem para continuar a funcionar quando está a ser utilizado por muito tempo. Assim, quando se está pedalando com resistência numa bicicleta ergométrica, os músculos vão-se adaptando e tornando-se mais fortes e tonificados, especialmente nas pernas e bumbum.

Ao aumentar a força e a resistência de um músculo também é possível melhorar a saúde dos ossos e ligamentos em volta, o que causa um aumento da força nas atividades diárias, evitando-se lesões.

4. Previne doenças cardiovasculares

O exercício na bicicleta ergométrica é um importante tipo de exercício cardiovascular, pois diminui a pressão arterial, melhora o funcionamento do coração e controla os níveis de açúcar no sangue. Além disso, também reduz o colesterol ruim, ao mesmo tempo que aumenta o colesterol bom, diminuindo o risco de formação de coágulos.

Assim, é possível evitar vários problemas de saúde como pressão alta, infarto, AVC ou trombose, por exemplo.

5. Reduz o estresse

Fazer 30 minutos de bicicleta ergométrica ou participar numa aula de spinning leva o corpo a liberar mais adrenalina e endorfinas, o que ajuda a reduzir muito os níveis de estresse, além de fortalecer o sistema imune e criar uma sensação de prazer e euforia.

Bicicleta ergométrica horizontal: melhora condicionamento físico e gasta calorias — Foto: Istock Getty Images

                                                                                              Foto: Istock Getty Images

 Tipos de bikes e indicação
Bicicleta ergométrica 3015, kikos, cinza: Amazon.com.br: Esportes ...Ergométricas vertical e horizontal

Características: envolvem a realização um movimento cíclico com zero impacto, aumento progressivo de carga e, por serem estacionárias, segurança. Ambas trabalham os mesmos grupamentos musculares. O que as difere é a posição adotada e o fato de que, na horizontal, a pessoa não conta com a ajuda da ação da gravidade ao pedalar. A maioria dos modelos conta com programas de treino já instalados e permite monitorar a frequência cardíaca e, portanto, a intensidade do exercício. Também fornecem uma estimativa de gasto calórico

Indicadas: qualquer pessoa que esteja apta a praticar exercícios. Por permitirem realizar ajuste de cargas, são indicadas, inclusive, para atletas. No caso das horizontais, garantem uma maior estabilidade para a coluna. Dessa maneira, proporcionam mais segurança a quem apresenta algum tipo de restrição por conta de lesões ou falta de mobilidade na coluna vertebral, por exemplo. Além disso, as bikes ergométricas horizontais oferecem mais conforto para pessoas idosas e grávidas.

                                                                                         Qual a Melhor Bike Spinning: Top 5 das Melhores | Saúde LogoSpinning

Características: esse tipo de bicicleta foi concebido para que atletas e esportistas de ponta pudessem seguir praticando esportes em casa durante o inverno ou em caso de mau tempo. Trata-se do modelo que mais se assemelha às bikes outdoor. Contando com uma correia de resistência variável, o equipamento permite ajustar a intensidade do esforço e realizar inúmeros estímulos. Dessa maneira, é possível replicar variações similares às diversas modalidades de ciclismo. O praticante pode simular percursos de subidas, descidas e trechos com aceleração ou até mesmo corridas contra o relógio.

Indicadas: por serem o tipo de bike mais semelhante às outdoor, são as mais recomendadas para os amantes do ciclismo e atletas de ponta. Porém, podem ser utilizadas por pessoas de todos os níveis, incluindo quem está sedentário.
Magnética x Mecânica

Esse é o mecanismo que está por trás do movimento e controle da intensidade do pedal. Ao escolher entre as resistências mecânica e magnética, alguns aspectos devem ser considerados para orientar a decisão.

Magnética:

  • É mais silenciosa;
  • Proporciona mais precisão no ajuste da carga;
  • Bikes com esse tipo de resistência têm custo mais elevado.

Mecânica

  • Faz mais barulho ao pedalar;
  • Pode não ser tão assertiva quanto a magnética no ajuste da carga;
  • Demanda mais cuidado com a manutenção;
  • Bikes com resistência mecânica são mais baratas.

Most Popular

Recent Comments