quinta-feira, março 4, 2021
Início DESTAQUES Mudança no clima pode gerar mais dores nas articulações

Mudança no clima pode gerar mais dores nas articulações

Fisioterapeuta explica que a alteração na pressão do ar seria a responsável pela piora da dor, fazendo da articulação quase uma “previsão do tempo”.

 Há evidências científicas de que a mudança no clima pode provocar mais dores nas articulações daqueles que têm alguma patologia crônica, como a artrite ou uma hérnia de disco.

Aproximadamente 67% das pessoas com dores crônicas sentem piora em seus sintomas com alterações climáticas, e na maioria dos casos isso acontece antes mesmo da mudança do tempo realmente acontecer, ou seja, é como se a articulação funcionasse como uma previsão do tempo.

 Embora não haja um consenso absoluto da razão desse fenômeno, ou se ele de fato é real, existem teorias que tentam explicá-lo. A mais aceita fala sobre a mudança na pressão do ar e que ela seria a responsável pela piora da dor, e não a temperatura ou a umidade, que são as opções mais óbvias.

 Aquecer antes do exercício físico é ainda mais importante no frio

Resultado de imagem para Aquecer antes do exercício físico é ainda mais importante no frio

foto:globoesporte.com

A ideia é ir preparando o corpo gradativamente antes da atividade física para que não haja um estímulo intenso muito brusco ao corpo ainda “frio”. Então, qualquer movimento de intensidade moderada, que cumpra a tarefa de acelerar o coração, pulmão e levar sangue para os músculos, será válido. Alguns exemplos são:
– caminhada rápida
– trote leve
– educativos de corrida
– exercícios funcionais levesfm97.1 cidade
– pequenos saltos, com variação de altura e velocidade

A pressão atmosférica pode ser entendida como o “peso” do ar ao nosso redor. Se imaginamos uma articulação com problemas, que tende a inchar, quanto maior a pressão exercida por fora dessa articulação menor será esse inchaço. E a pressão atmosférica tende a cair antes da chegada de um clima ruim, o que permite maior expansão da articulação que está sensível devido à processos inflamatórios, cicatrizes ou aderência. Tudo isso é microscópico, mas para quem tem sensibilidade parece ser perceptível.

Uma sugestão para quem sofre com dores nas alterações climáticas é manter a articulação ativa. A rigidez na região da dor pode piorar os sintomas ao invés de poupar a área dolorosa. Manter uma movimentação dentro do normal e os músculos fortalecidos, dentro do possível, é uma estratégia para lidar melhor com as mudanças do tempo nesse inverno.

fonte: Raquel Castanharo – Fisioterapeuta 

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto18871382_1367327693356437_1334305553_nlogo para materia

Most Popular

Recent Comments