domingo, agosto 1, 2021
Início DESTAQUES Atletas dos Jogos Pan-Americanos são recebidos no Planalto

Atletas dos Jogos Pan-Americanos são recebidos no Planalto

 O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu nesta sexta-feira (16) no Palácio do Planalto parte da delegação brasileira que disputou os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. Na cerimônia, os atletas mostraram as medalhas conquistadas. O Brasil terminou a competição em segundo lugar no quadro geral, atrás dos Estados Unidos. Foi o melhor resultado brasileiro desde 1963. O Brasil conquistou 171 medalhas, sendo 55 de ouro, 45 de prata e 71 de bronze.

O presidente destacou as dificuldades de quem luta para vencer e parabenizou os atletas. “O momento de uma medalha é inesquecível. Isso é para sempre. E é um símbolo que ao colocar na parede da sua casa, nos momentos difíceis,  podem olhar para aquilo e falar: ‘Olha o que eu ralei para conseguir aquilo. Não terei obstáculo que seja impossível para atingir o meu objetivo’”, ressaltou.

Durante a cerimônia, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, anunciou que o governo vai reforçar o investimento no esporte de base. “Vamos criar um Bolsa Atleta só para olimpíadas municipais e escolares. Queremos ter pelo menos uns cinco mil atletas de base surgindo”, afirmou.

De acordo com o ministro, outras duas prioridades são ampliar a participação do Brasil nos 7° Jogos Mundiais Militares, que ocorrerão em outubro, na China, e criar parcerias com universidades particulares para que medalhistas tenham bolsa integral. “Queremos que vocês, quando estiverem encerrando a carreira de atleta, tenham uma perspectiva profissional”, disse Osmar Terra.

Bolsa-Alteta no Pan

O time brasileiro contou com 485 atletas em 22 modalidades.  Desses 70% recebem o Bolsa-Atleta e 83% das medalhas foram conquistas por bolsistas. O investimento anual nesses atletas ultrapassa R$ 14 milhões. O resultado alcançado pelo Brasil consolida o Bolsa-Atleta como o maior patrocinador individual e direto de atletas do mundo.

Desde 2005, já foram concedidas mais de 63,3 mil bolsas. Atualmente, 6.199 esportistas são patrocinados pelo Programa que conta, neste ano, com orçamento de R$ 140 milhões.

Ana Sátila compete na semifinal da canoagem slalom, C1 feminino, nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 Foto: Pedro Ramos/ rededoesporte.gov.br.

A atleta Ana Sátila Vargas, que recebeu duas medalhas de ouro pela canoagem, falou durante a cerimônia em nome dos esportistas. “O Brasil tem nos ajudado muito durante toda a nossa caminhada”, agradeceu. “Todas as modalidades fizeram uma campanha excepcional que deu esse resultado muito grande e muito bonito ao país”.

Ana Sátila é sargento da Força Aérea Brasileira e também é bolsista do governo. “A Bolsa-Atleta veio para tornar o atleta profissional. Foi o que me ajudou na minha carreira, na minha evolução, a me desenvolver e me tornar profissional. Foi realmente um divisor de águas na minha carreira e tenho certeza que na carreira de quase todos os atletas”, afirmou.

 

Tags:

Most Popular

Recent Comments